Aos 36 anos, a bancária Kelly Andrade pesava 127 kg e estava preocupada com sua saúde cardiovascular. Sua mãe morreu aos 45 em decorrência de uma doença cardíaca e o ex-marido não a incentivava a adotar uma rotina saudável.

“Ele não me incentivava, muito menos apoiava a ideia de emagrecer. Acabei entrando na onda dele e passei a não me cuidar mesmo.”

Foi apenas depois de terminar a relação que Kelly decidiu que precisava mudar sua saúde para preservar sua vida. Ela conta que tinha medo de não chegar à idade de sua mãe e cogitou bariátrica, mas decidiu perder peso sozinha. Além do acompanhamento mensal com a nutricionista, Kelly recorreu ao aplicativo 5S, uma plataforma motivacional com nutricoaches para se manter na linha entre as consultas presenciais.“Quando passava pelas nutricionistas, recebia os protocolos do que eu tinha que fazer e retornava para a próxima consulta só depois de um mês. O problema é que neste intervalo de tempo, muitas coisas aconteciam e meu refúgio era a comida. Então, ter o acompanhamento diário foi fundamental para o meu resultado”.

FonteR7 –