Ciro Gomes, com seu jeitinho, digamos, “deixa que eu chuto”, foi muito aplaudido, ontem, em evento da Coppe. Depois de chamar os militares da reserva que trabalham no governo Bolsonaro de “abobalhados”, ele disparou:
—O papel deles era o de defender a Petrobras. Não era para agirem dessa forma.