O blog antecipou que o ex-governador Ricardo Coutinho só voltaria ao Brasil com um habeas corpus. Para obter êxito em sua estratégia, Ricardo contratou Gilson Dipp, ministro aposentado do STJ.

Se o ex-ministro leu a denúncia do MP sobre a mesada de R$ 360 mil para o Mago, os honorários não serão nada modestos, né?

Será que a fortuna de RC vai garantir sua liberdade?