A denúncia apresentada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) contra 35 integrantes suspeitos de participação no suposto esquema de desvio de recursos públicos do Estado, entre 2011 e 2018, investigado pela Operação Calvário, cita que todo o esquema criminoso foi pensado para ‘invadir’ municípios e ‘tomar’ as prefeituras paraibanas.

Na denúncia, o MPPB mostra um mapa onde ao suposta organização criminosa pretendia inserir o esquema.
“Em narrativa, uma corrupção entendida como sistêmica que, com uma voracidade jamais vista, sequestrou o Poder Executivo do Estado da Paraíba, penetrou no Legislativo e, fazendo escola, conseguiu fazer morada, com a expansão deliberada de seu “modelo de negócio”, em diversas Prefeituras desta unidade federativa”, cita o MPPB.
Dentre os prefeitos citados na Paraíba, aparece na lista o prefeito de Rio Tinto, Fernando Naia (PSB), inclusive demarcado entre os municípios que tiveram: reunião com o Prefeito, Reunião com Equipe Técnica e Projeto de Lei entregue.
O mapa foi elaborado de acordo com a delação de Daniel Gomes da Silva.
Veja abaixo o mapa que mostra as prefeituras que interessavam ao suposto esquema criminoso:

Por blogdojhordan