Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo em conjunto desenvolvido pela 21° Delegacia Seccional de Solânea e Delegacia de Crimes Contra a Pessoa da Capital – Homicídios de João Pessoa, resultou nas prisões, nesta quarta-feira (29), dos dois executores do homicídio de Rony Targino, fato ocorrido no dia 18/01/2020, no Sítio Caboclo, Bananeiras/PB.

Segundo apurado, os presos, que são irmãos, esfaquearam a vítima, que ainda tentou fugir mais foi perseguida e morta instantes depois.
Logo após o crime, a Delegacia de Bananeiras solicitou a prisão dos investigados, indiciando os mesmos pelo crime de Homicídio Qualificado.

A prisão foi realizada por agentes da Delegacia de Homicídios no bairro de Gramame, na Capital, onde os investigados estavam escondidos.

Fonte Polícia Civil

Com Clickpb