O jovem de 21 anos que foi preso suspeito de matar a mulher grávida a facadas, em Várzea Paulista (SP), afirmouyttrtt em depoimento que usou uma lâmina para tirar a vida da vítima durante a relação sexual. O relato com a confissão foi realizado em um interrogatório, o qual o G1 teve acesso.

O rapaz também fez publicações nas redes sociais se passando pela esposa, na noite do dia 22 de dezembro. Francine Rigo dos Santos, uma maquiadora de 22 anos, foi assassinada em casa. Como a família não consegui contato com ela no dia 23, os parentes arrombaram a porta e a encontraram sem vida.

A casa estava suja de sangue e o marido, Marcelo Augusto de Sousa Araújo, foi achado com ferimentos nos pulsos e no pescoço após tentar se matar. Ele foi levado à unidade de Pronto Atendimento de Várzea Paulista e, na sequência, levado para a delegacia.

Segundo apurado pelo G1, ele contou que no dia 22 de dezembro os dois discutiram sobre a ceia de Natal e sobre a gravidez da jovem.

Na madrugada do dia 23 de dezembro, um texto foi publicado no Facebook da jovem. Segundo a polícia, ela foi morta por volta das 10h no dia 22 e não teria feita a postagem.

À polícia, o marido apresentou várias versões sobre o crime, mas confessou que assassinou a mulher durante uma discussão depois que a vítima disse que estava grávida. A polícia ainda aguarda os últimos laudos para finalizar o caso.