“Em momento nenhum usamos a premiação por passar de fase para motivar a equipe”.

“A verdade dos fatos é que nem por um lado e nem por outro o atraso está tendo consequência no mal desempenho do time, pois os jogadores tem consciência que em algum momento o clube irá arcar com as responsabilidades”.

Os jogadores estavam muitos satisfeitos dentro do vestiário, poderiamos ter matado o jogo, mas apesar de ter perdido alguns gols, nos classificamos.

Da mesma forma que na Sul-americana, devemos pensar jogo a jogo, na competição sul-americana eram 6 brasileiros, agora são apenas 2 e o Vasco está lá, o importante é ir avançando.

Sobre o atacante Marrony o técnico confessou que está torcendo muito para ele fazer um gol e comprovar sua evolução dia a dia.