Candidato a presidente na última eleição, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) criticou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), que está com a sua popularidade em alta em razão da conduta frente à crise do novo coronavírus. Em entrevista hoje aos colunistas do UOL Tales Faria e Carla Araújo, Ciro também voltou a defender a renúncia do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), culpou o PT por ele estar no Planalto e atacou o ministro da Economia, Paulo Guedes.