O número total de pessoas que conseguiram se recuperar após serem infectadas pelo novo coronavírus, causador da doença covid-19, ultrapassou a marca de 400 mil casos neste fim de semana de Páscoa.

O número de pessoas infectadas no mundo já beira 2 milhões, sendo os países com mais casos de contágio Estados Unidos, Itália e Espanha. A quantidade de casos fatais é de mais de 100 mil até hoje. Ou seja, o número de recuperados já é quatro vezes maior do que o de mortos no planeta.

No Brasil, o número de casos é de mais de 20 mil, com mais de mil mortes.

Pesquisadores de todo o mundo ainda buscam encontrar melhores tratamentos ou criar uma vacina que previna o contágio do vírus. Por ora, nenhuma evidência encontrada nos estudos é conclusiva. Melinda Gates, da Fundação Bill & Melinda Gates, estimou nesta semana que o tempo de desenvolvimento de uma vacina seja de 18 meses.

Nesse contexto, há testes de medicamentos, como a hidroxicloroquina, mas os tratamentos convencionais contra síndromes respiratórias agudas graves têm sido adotados por médicos de todo o mundo, junto ao isolamento social para evitar novos contágios.