O novo ministro da Saúde, o oncologista Nelson Teich, anunciado nesta quinta-feira (16) mas que ainda não tomou posse, disse em abril do ano passado que o dinheiro para Saúde é “baixo” no Brasil e, por isso”, devem ser feitas “escolhas”. Ele propôs o seguinte dilema: um idoso com problemas de saúde “que pode estar no final da vida” ou um adolescente. “Qual vai ser a escolha?”, indagou Teich.

As declarações foram feitas para um vídeo institucional produzido pelo Instituto Oncoguia em abril de 2019. O instituto promovia um fórum nacional sobre oncologia, em Brasília, nos dias 16 e 17 de abril do ano passado.

Do site UOL