A Prefeitura de Capim, através da Secretaria de Assistência Social está confeccionando máscaras de proteção que serão destinadas aos funcionários da saúde e à população. As máscaras estão sendo confeccionadas no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), duas equipes entre o turno, manhã e tarde estão na produção.

Conforme a Secretaria de Assistência Social é produzida diariamente 70 máscaras, e já foram entregues kits para o grupo de idosos da cidade e profissionais de saúde, a demanda agora será para atender o mais rápido possível a população de Capim e o Distrito de Olho D’água. Desde o início da pandemia a Prefeitura tem dotado medidas para evitar a proliferação do COVID-19 no município e uma delas foi o decreto de obrigatoriedade do uso de máscaras em locais públicos, higienização dos ambientes, blitz da saúde, fechamento de pontos públicos e entre outras… Conforme a Chefe do Executivo, os itens serão entregues em breve para atender o mais rápido as necessidades de proteção da população.

Tiago Lisboa ainda aproveitou para alertar a população em sua rede social a respeito das orientações de higienização e da importância do isolamento social.
“Estamos confeccionando mascaras para distribuirmos a nossa população, essa é mais uma ação que demonstra o quanto a gestão está empenhada no combate ao Coronavírus. Temos pensado no bem-estar e cuidado de toda população, sobretudo daqueles mais vulneráveis, inúmeras medidas estão sendo executadas e outros serão implementadas, tudo para o enfrentarmos o coronavírus.

Minha querida cidade, em nome de todos os profissionais de saúde e pelo seu bem-estar, pedimos que respeitem todos os cuidados de proteção, se mantenham em casa. Infelizmente a doença é real, estamos lutando todos os dias com essa realidade aqui em nossa cidade”, destacou Tiago Lisboa.

Até o final da próxima semana, começa a distribuição em pontos específicos. A estimativa é que toda população faça o uso indiscriminado da máscara, Capim já conta até o momento com quatro (04) casos confirmados e outros sete (07) suspeitos.