Justiça suspende investigação contra Felipe Neto

0
15

A Justiça entendeu que não é atribuição da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) investigar os supostos crimes previstos na Lei de Segurança Nacional

A Justiça do Rio de Janeiro suspendeu nesta quinta-feira (18) a investigação contra o youtuber Felipe Neto por suposto crime previsto na Lei de Segurança Nacional. O influenciador digital foi intimado após se referir ao presidente Jair Bolsonaro de “genocida” nas redes sociais. A expressão faz alusão ao responsável pelo extermínio de muitas pessoas em pouco tempo.

De acordo com informações do UOL, a decisão judicial aceitou os argumentos da defesa de Felipe Neto e entendeu que não é atribuição da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) investigar os supostos crimes.

A decisão foi da juíza Gisele Guida de Faria, da 38ª Vara Criminal, que viu também “flagrante ilegalidade” por parte de Carlos Bolsonaro. Isso porque ele “não integra o Ministério Público, não é militar responsável pela segurança interna, nem é Ministro da Justiça”, disse ela.