Filhos cavam cova da mãe em cemitério por falta de coveiros

0
20

O problema teria ocorrido por uma decisão do diretor do cemitério de liberar todos os coveiros na mesma hora.

A ausência de coveiros no Cemitério Municipal II da Vila Esperança da cidade de Magé, na Baixada Fluminense, fez com que quatro irmãos de uma mesma família tivessem que cavar a cova da própria mãe para o enterro do corpo dela.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, uma das filhas da mulher cobra as autoridades locais pela falta de assistência.

“Venho informar aqui a pouca vergonha que aqui em Magé, no Cemitério II da Vila Esperança. Esta aqui que está no caixão é nossa mãe. Não tem um coveiro aqui para enterrar. Quem está enterrando são os quatro filhos. E não tem um coveiro. Pelo amor de Deus. Minha mãe está sendo tratada pior que um cachorro. Isso é muito triste”, disse ela.

A Prefeitura de Magé emitiu um comunicado afirmando que o erro foi cometido pelo diretor do cemitério que havia liberado todos os coveiros no mesmo horário. Por causa disso, o diretor e a equipe foram exonerados.