Família que estava em viagem escapou de tragédia em João Pessoa

0
29

A família disse que não sabia da tragédia

Com a explosão seguida de desabamento em um prédio residencial na madrugada do último domingo (4) no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, pelo menos sete famílias ficaram desabrigadas. Uma delas é a de Nalva dos Santos. Em entrevista ao programa O Povo na TV, da TV Tambaú, Nalva e o marido, José Humberto, contaram que não estavam em casa quando o acidente aconteceu.

Nalva, o esposo e o filho, que moravam há três meses no residencial, tinham viajado para a cidade de Mari, na Paraíba, para passar o feriado de Páscoa com a família. Quando voltaram para João Pessoa, na manhã desta segunda-feira (5), foram surpreendidos com a notícia. Nalva e o marido afirmaram que não sabiam do acidente e lamentaram pelas perdas. “Perdemos tudo, ficamos só com a roupa do corpo”, disse. “Ficamos sem chão”.

José Humberto, esposo de Nalva, é auxiliar de serviços gerais. Ele falou sobre a tristeza de perder a casa. Mas, principalmente, agradeceu o livramento. “Se a gente tivesse aqui, a gente tinha morrido. Porque a gente morava no primeiro quarto“, disse ele apontando para os destroços do prédio.

Após a tragédia, cinco casas foram demolidas e outras três estão em monitoramento da Defesa Civil. Uma jovem de 24 anos e uma criança morreram no acidente.