Ciro ao se distânciar do PT ganha muitos seguidores, Ciro diz que PT nunca mais

Não bastasse a animosidade recíproca construída durante a campanha, Ciro se encarregou de fazer um risco de faca no chão: “PT nunca mais”

0
360

“A esquerda só se une na cadeia”. Não há frase que resuma melhor a vocação dos progressistas brasileiros do que essa, de autor desconhecido (ou foragido). E é dessa maldição que Ciro Gomes (PDT) pretende se livrar ao aceitar, de peito estufado, ser tratado como o principal inimigo do PT desde o segundo turno das eleições presidências de 2018.

Pergunte a um petista quem é responsável pela derrota de Haddad ano passado. Nenhum militante vai admitir que a messiânica e natimorta candidatura Lula foi o maior erro da esquerda na história do Brasil – mais infausta que a Intentona Comunista ou a Guerrilha do Araguaia.

Que nada. O motivo do fracasso, para petistas namastê ou taliban, foi a viagem de Ciro Gomes a Paris, no intervalo entre o primeiro e o segundo turnos. Ele teria “fugido” de sua responsabilidade de pousar armas aos pés de Haddad, motivo que o elevaria à categoria de traidor da nação e do proletariado.

Não adianta argumentar que essa tese é não só ridícula do ponto de vista lógico como é indecente do ponto de vista ético. Pelo visto, até a direita vai fazer autocrítica antes do PT.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui