Ciro critica filho de Bolsonaro que poderá assumir cargo de embaixador: ‘é um despreparado como o pai, com um português muito ruim’

Para Ciro, governo Bolsonaro age para criar uma “distração”, com o intuito de desviar as atenções do debate sobre a reforma da Previdência.

O ex-ministro Ciro Gomes criticou o deputado Eduardo Bolsonaro, que pode ser indicado pelo pai, o presidente Jair Bolsonaro, para o cargo de embaixador do Brasil.

“O Eduardo Bolsonaro é um imbecil, com um português muito ruim, o que quer dizer que o inglês também não deve ser muito bom. Ele vai ter que se expressar sobre temas sofisticados por meio de tradutores, ocupando aos 35 anos mais quatro dias o lugar mais complexo, delicado e difícil da diplomacia de qualquer lugar do mundo: a representação junto aos Estados Unidos. Experiência anterior: policial”, disse Ciro, durante entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Para Ciro, governo Bolsonaro age para criar uma “distração”, com o intuito de desviar as atenções do debate sobre a reforma da Previdência. “Eu, por exemplo, amo os malabaristas. Mas não entregaria a um deles meu filho para fazer uma cirurgia de apendicite”, ironizou.

Comentários