Ex-presidente e irmão são denunciados por corrupção

O ex-presidente Lula, seu irmão, José Ferreira da Silva, conhecido como Frei Chico, e executivos da Odebrecht foram denunciados por corrupção passiva pelo Ministério Público Federal, por meio da Força Tarefa da Lava-Jato.

Conforme a denúncia, no período de 2003 a 2015, Frei Chico, recebeu R$ 1.131.333,12, por meio de pagamento de ‘mesada’ que variou entre R$ 3 mil a R$ 5 mil. A remuneração faria parte de um acordo com a Odebrecht, em troca de benefícios junto ao governo federal.

De acordo com o MPF, o ex-presidente sugeriu que a empresa contratasse o irmão, que é sindicalista, para mediar um diálogo entre a construtoras e os trabalhadores.

Em nota, a defesa de Lula apontou que a denúncia não comprova o ato: “Lula jamais ofereceu ao Grupo Odebrecht qualquer “pacote de vantagens indevidas”, tanto é que a denúncia não descreve e muito menos comprova qualquer ato ilegal praticado pelo ex-presidente. O ex-presidente também jamais pediu qualquer vantagem indevida para si ou para qualquer de seus familiares”.

Via Nv

Comentários