Pular para o conteúdo
Início » A importância de contar o Nordeste pela nossa própria história:”08 de Outubro Dia do Nordestino”.

A importância de contar o Nordeste pela nossa própria história:”08 de Outubro Dia do Nordestino”.

Dia do Nordestino: a importância de contar o Nordeste pela nossa própria história.

Neste 8 de outubro, comemora-se o Dia do Nordestino – povo responsável por grande parte da formação do que hoje entendemos como Brasil, e que continua sendo alvo de estereótipos e preconceitos.

No entanto, mais significativo ainda é que a instituição dessa data não se deu em nenhum estado da região, ou mesmo através do Congresso Nacional, mas se deu na cidade de São Paulo, através da lei n. 14.952, de 13 de julho de 2009, por iniciativa do vereador Francisco das Chagas, do Partido dos Trabalhadores, que nasceu na cidade de Riachuelo, no Rio Grande do Norte e que, como muitos nordestinos, migrou e integrou-se a vida da cidade, a ponto de tornar-se um de seus representantes.

Os artistas nascidos nos estados do Nordeste, em inúmeras entrevistas, testemunham que se deram conta do que é ser nordestino, do peso dessa identidade, dos estigmas que ela significa, do poder do imaginário que a sustenta, quando se ausentaram da região e foram viver nas grandes cidades do Sul/Sudeste do país.

A chamada cultura nordestina oferece um rico manancial de imagens, de enunciados, de signos, de temas, de figuras, que são mobilizados, muitas vezes, por uma visão saudosista e idealizada do espaço que se deixou, devido, justamente, ao impacto psicológico e existencial causado pelo preconceito contra suas origens. 

8 de outubro dia do Nordestino ” oxe, oxe é oxe “

Creio que se há algo a comemorar nesse dia 08 de outubro, não é o fato trágico de que milhões de nordestinos precisaram abandonar suas terras e seus lares tangidos pela miséria, pela fome, pela concentração da propriedade da terra e da água, por condições de trabalho indignas, por relações de poder discricionárias, por códigos morais, raciais e de gênero que tornavam a vida, de muitos, impossível de ser vivida.

“O nordestino é conhecido como uma pessoa alegre, que gosta de música, festas, comer bem e comemorar. E isto não é à toa, o nordeste é uma das regiões mais ricas quando o assunto é cultura. Parabéns!”

“Quanto mais sou nordestino, mais tenho orgulho de ser!”

“O que é oxe? Oxe é oxe, oxe!”