domingo, dezembro 5, 2021

Delegado suspeito de envolvimento em morte de paraibano é solto pela Justiça

- Advertisement -

Para a defesa o STJ entendeu que a prisão do delegado era desnecessária

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou, na tarde desta terça-feira (23), a soltura do delegado Osvaldo Resende Neto, investigado por envolvimento na morte do paraibano Gefferson Moura. O crime ocorreu em março deste ano em Santa Luzia, no Sertão, durante uma operação da polícia de Sergipe.

Guilherme Maluff, advogado de defesa, disse que o STJ entendeu que “a prisão era desnecessária”. “Não estavam presentes os requisitos necessários da prisão preventiva. E se trata de uma reafirmação do que defendemos durante todo o processo. O delegado Osvaldo não oferecia qualquer risco à sociedade sergipana”, explicou.

Além do delegado Osvaldo Resende Neto, o policial civil José Alonso Santana e o militar Gilvan Moraes de Oliveira também são investigados. Eles se tornaram réus em abril, quando a Justiça recebeu a denúncia do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

+ NOTÍCIAS INTERATIVAS
- Advertisement -