domingo, agosto 14, 2022
HomeBrasilSão Cosme e Damião, por que são dados doces no dia dos...

São Cosme e Damião, por que são dados doces no dia dos padroeiros dos médicos?

Se você comemora ou ao menos se lembra do Dia de Cosme e Damião por causa dos doces, saiba que, provavelmente, você faz tudo isso na data errada. Embora popularmente celebrada em 27 de setembro no Brasil, o dia certo dos santos é 26 de setembro.

Irmãos gêmeos, médicos, avessos a qualquer tipo de pagamento, Cosme e Damião são santos com devoções bem antigas e que ultrapassam as fronteiras da Igreja Católica.

O que se sabe é que Cosme e Damião teriam sido irmãos gêmeos que nasceram na região da Ásia Menor, que corresponde à atual cidade de Egeia, na Síria, por volta do século 3º. Ambos seriam médicos e teriam exercido a profissão de forma voluntária, não aceitando nenhum pagamento.

Por terem sido médicos, São Cosme e São Damião são considerados padroeiros dos cirurgiões, médicos, farmacêuticos e também das crianças, dos barbeiros e dos cabeleireiros.

Nas religiões afro-brasileiras, eles são sincretizados com entidades infantis. E, para eles, é celebrado o dia em 27 de setembro. Se são crianças nessa associação, se distribui doces para lembrar que as crianças gostam de doces”, explica Vasconcelos.

“Na época da colônia, o catolicismo era imposto a índios e negros, então uma forma de camuflar era venerar as entidades com as imagens de santos católicos. E isso aconteceu com Cosme e Damião, que foram identificados com orixás crianças, muito alegres. E isso ficou associado a festas e doces, principalmente no Nordeste”, conta Pinheiro

RELATED ARTICLES

Most Popular

Recent Comments