Pular para o conteúdo
Início » Urgente: A associação respondeu ao governador e afirmou que em caso de “colapso da organização”, o primeiro-ministro seguirá os militares

Urgente: A associação respondeu ao governador e afirmou que em caso de “colapso da organização”, o primeiro-ministro seguirá os militares

A Associação Nacional do Pessoal Militar (Amebrasil) divulgou nota informando que a Polícia Militar acompanhou o Exército em caso de “defesas dentro ou quebra de instituições (cerco ou estado defensivo) “. 

O comunicado foi uma resposta aos governadores, que criticaram o comportamento de militares e policiais durante uma manifestação marcada para 7 de setembro. 

O boletim foi divulgado pelo presidente Amebrasil e pelo coronel Marcos Antônio Nunes de Oliveira, da Polícia Militar do DF (PMDF) na noite desta segunda-feira (23/08). A associação afirma no comunicado que a gendarmaria é responsável pela “segurança e ordem pública de acordo com o artigo 144 da Constituição Federal”.