sexta-feira, outubro 22, 2021
InícioANIMAISCONHEÇA O BULDOGUE FRANCÊS E INGLÊS: ADORÁVEL E BRIGÃO

CONHEÇA O BULDOGUE FRANCÊS E INGLÊS: ADORÁVEL E BRIGÃO

Estamos na Inglaterra do século 12. Um grupo de homens vibra ao redor de um picadeiro. No centro, um touro furioso dá coices sem parar. O motivo: há um cachorro com os dentes cravados em seu focinho.

As patinhas balançam no ar. O cão é corpulento, bravo e atarracado. Hoje, a luta dele é contra o touro.

A origem dos buldogues é, no mínimo, bizarra. Eles eram cães de briga que enfrentavam adversários com dez vezes o seu tamanho. Por isso, os criadores privilegiavam os exemplares mais ferozes, musculos e resistentes a dor.

O buldogue inglês preservou a cara de mau, mas se tornou um bichinho muito amável.

São ótimos cães de companhia – especialmente se o dono não é chegado ao agito.

É que esses mascotes costumam ter pouco fôlego, em razão do focinho curto, que dificulta a respiração.

Já o buldogue francês é mais ativo. Gosta de brincar e correr. A história dessa variante da raça tem algumas versões.

Uma delas diz que eles eram excluídos das ninhadas de buldogues por serem menores e menos musculosos. Alguns filhotes foram levados à França por artesãos ingleses. Lá, cruzaram com os terrier boules – exímios caçadores de ratos, egressos da Bélgica.

Daí surgiram os bouledogues, como os franceses os chamam ainda hoje.

As mulheres os amavam: dóceis, fortinhos e com caminhar malemolente, os buldogues eram comparados aos malandros da boemia parisiense.

Os dois buldogues guardam algumas diferenças. O inglês é maior, tem mais dobras na pele e a orelha caída. Já o francês tem as orelhas pontudas como as de um morcego.

Fonte: super interessante

Gostou do post deixe seu cometário.!

Leia Também
- Advertisment -

MAIS LIDAS