domingo, dezembro 5, 2021
Home Blog Page 97

BOLSONARO: dia do trabalhador é marcado por protesto a favor e contra presidente em JP

0

Os protestos aconteceram em diversos bairros, como Valentina e Centro.

O Dia do Trabalhador teve protestos contra e a favor de Jair Bolsonaro. Apoiadores do presidente realizaram um ato neste sábado (1º), que teve início na Praça dos Três Poderes, no Centro de João Pessoa.

Na praça, os manifestantes executaram o hino nacional, além de reforçar apoio ao presidente. Eles estavam com bandeiras do Brasil e com faixas. Uma delas estava no carro de som com a mensagem: “presidente, faça o que é preciso. O povo autoriza”.

O ato em favor do presidente Jair Bolsonaro seguiu pela Avenida Epitácio Pessoa até o Busto de Tamandaré, localizado na orla da cidade.

Também houve protesto contra o governo Bolsonaro. A “Carreata do Trabalhador” começou no bairro do Valentina Figueiredo e seguiu em direção ao bairro de Mangabeira.

O ato contra o presidente contou com a participação de movimentos sindicais como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Frente Brasil Popular, Povo sem Medo, Fora Bolsonaro Paraíba, além de movimentos sociais.

A carreata contou com carros de som e faixas como “De luto pelas mortes. Eu luto pela vida e contra o genocídio”. Os manifestantes ressaltaram as mais de 400 mil mortes por Covid-19 e pediram o impeachment do presidente.

Anúncio

Jovem é preso por receptação e tráfico de drogas em João Pessoa

0

A prisão dele aconteceu neste sábado (1º) após incursão dos policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado.

Um jovem de 21 anos foi preso pelos crimes de receptação e tráfico de drogas, na manhã deste sábado (1º), no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. A prisão dele aconteceu após incursão dos policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), na Comunidade Poeira, na Rua Santa Bárbara. 

Conforme a Polícia Civil, o suspeito foi preso em flagrante no momento em que vendia drogas e informava da presença dos policiais com um rádio comunicador. Ainda segundo a polícia, foi constatado que o homem tinha mandado de prisão pelos crimes de receptação de tráfico de drogas.

O suspeito foi encaminhado para a Central de Polícia, no bairro do Geisel, e autuado pelo crime de tráfico de drogas.

Anúncio

MULHER É FLAGRADA AGREDINDO CRIANÇA NO BAIRRO PADRE ZÉ EM JOÃO PESSOA

0

MULHER É FLAGRADA AGREDINDO CRIANÇA NO BAIRRO PADRE ZÉ EM JOÃO PESSOA

Valentina em qap — Uma mulher foi flagrada agredindo a filha em uma rua onde mora no bairro Padre Zé, em João Pessoa. As agressões aconteceram na tarde desta sexta-feira (30). Vídeos que foram registrados por uma câmera de segurança, mostram o momento das agressões.

https://www.youtube.com/watch?v=AHwqCwmFmIY&feature=youtu.be


No vídeo, enviado a nossa equipe do Valentina em Qap, da para ver o momento em que a criança caminha tranquilamente na companhia de uma outra e após um tombo todos os ‘geladinhos’, que ela levava em um isopor, se espalha pelo chão. A criança que aparenta ter em torno de 6 anos, se desespera e um homem se aproxima e tenta ajudá-la recolhendo todos os ‘geladinhos’. Nesse momento uma mulher identificada apenas como “Preta Galega”, aparece nas imagens de acordo informações ela. É mãe da criança, ele segura o cabelo da criança e começa a desferir vários tapas no rosto da menina.
.
A sessão de agressões é observada por outras pessoas, em seguida um homem, resolve intervir e troca algumas palavras com a mãe da criança, segundos depois, irritado ele parte para cima da mulher e chuta o recipiente com todos os ‘geladinhos’, em seguida desfere um soco na mulher, a criança observa tudo totalmente aflita e corre de um lado para o outro. Após sofrer a advertência a mulher sai andando e falando algumas palavras e o homem também.
.
Não sabemos se a sequência de agressões sofridas por esta criança causaram alguma lesão em seu rosto. Entramos em contato direto com a Polícia Militar, para saber se teriam recebido algum registro de ocorrência para este ocorrido, a polícia informou não ter sido solicitada.
.
De acordo com o Art. 18 — “A criança e o adolescente têm o direito de ser educados e cuidados sem o uso de castigo físico ou de tratamento cruel ou degradante, como formas de correção, disciplina, educação ou qualquer outro pretexto […]” a priori, poderia ensejar na aplicação do art. 18-A combinado com o crime de maus-tratos, disposto no art. 136 do Código Penal Brasileiro. “Portanto, qualquer pessoa pode denunciar um crime de maus-tratos”, através do disque 100, para violência contra a mulher disque 180.

Anúncio

Corpo de homem é encontrado dentro de tambor de lixo em Santa Rita

0

Mais um crime brutal foi registrado na Paraíba. Desta vez um corpo foi encontrado dentro de um tambor de lixo na cidade de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa.

Segundo as primeiras informações, populares viram a cabeça do homem envolto ao lixo e em seguida acionaram a Polícia Militar da Paraíba (PMPB).

A Polícia Civil também esteve presente no local e até o momento o homem não foi identificado. Ninguém foi preso ou identificado.

Via:

@gatopretotv

Anúncio

Da maquiagem à confeitaria: trabalhadores se reinventam em meio à crise

0

“Você sai da sua zona de conforto para arriscar”, diz maquiadora que investiu na confeitaria durante a pandemia

Com a epidemia global de covid-19, trabalhadores se viram obrigados a se reinventarem em meio à crise. Emilly Porto trabalha com confeitaria em João Pessoa, na Paraíba. Há menos de um ano ela atuava como maquiadora, porém, assim como muitos, precisou se reinventar durante a pandemia. Isso porque um dos efeitos devastadores do novo vírus era “as contas que não paravam de chegar”, assegurou.

Impossibilitada de trabalhar com maquiagem, ela conta que recorreu ao auxílio emergencial e investiu o benefício na criação da confeitaria. Para o pontapé inicial, Emilly disse que teve medo, mas enfrentou. “Você sai da sua zona de conforto para arriscar, e sempre ‘rola um medinho’”, disse.

“Eu tive a ideia de vender ovos de páscoa de colher e deu muito certo, graças a Deus. E decidi junto com a minha mãe, que também ficou sem trabalhar por conta da pandemia, dá prosseguimento a esa ideia da confeitaria”

O próprio negócio deu certo e vem crescendo. Emilly planeja, inclusive, abrir uma Microempresa Individual. “Agora a gente tá fazendo kits para o dia das mães e pretende montar uma pronta entrega de doces e salgados”.

“Deu tudo certo, graças a Deus”, avalia.

Anúncio

Prefeita de Bayeux é intimada após denúncia de assédio moral

0

O caso aconteceu em janeiro deste ano

A prefeita da cidade de Bayeux, na Região da Grande João Pessoa, foi intimada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) na Paraíba para prestar esclarecimentos sobre denúncia de que teria fixado cartaz na porta de um hospital da cidade, com aviso no qual pedia que a população denunciasse se fosse mal atendida pelos profissionais de saúde do município. A gestora foi notificada, nessa quinta-feira (29), para uma audiência por videoconferência, na próxima quarta-feira (05/05), às 15h30.

O caso aconteceu em janeiro deste ano e ganhou repercussão na imprensa local após denúncia feita pelo Sindicato dos Médicos da Paraíba (Simed), que afirmou que o cartaz feito pela gestora se tratava de “assédio moral”, com “ameaça ostensiva contra os profissionais de saúde” e pediu que o Ministério Público do Trabalho (MPT) apurasse o caso.

“Você que é funcionário do hospital pago com recursos públicos, trate bem as pessoas, se não for para atender bem o paciente, não venha trabalhar ou peça exoneração. Ninguém procura hospital para passear, com certeza, tem alguma necessidade”, dizia mensagem colocada na porta de hospital de Bayeux.

Segundo o procurador do Trabalho Eduardo Varandas, a Câmara de Coordenação e Revisão do MPT determinou apuração do caso, afirmando que o ato da prefeita poderia se configurar ‘assédio moral organizacional no ambiente de trabalho’ e, portanto, de competência do Ministério Público do Trabalho.

“Intimamos a prefeita para uma audiência por videoconferência, a fim de verificar se a prática ainda remanesce ou se há qualquer tipo de situação assediante em face da prefeitura”, afirmou o procurador do Trabalho Eduardo Varandas.

Anúncio

Mais de 6 quilos de drogas em comunidade de Mangabeira foi apreendido

0

Material ilícito foi localizado em casebre da Comunidade do Mangão na capital.

Uma grande quantidade de drogas foi apreendida pela Polícia Civil da Paraíba nesta sexta-feira (30) na Comunidade do Mangão, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

De acordo com a delegada Lídia Veloso, da Central de Flagrantes, foram apreendidos cerca de cinco quilos de maconha e um quilo cocaína, além de balanças de precisão e material para embalagem das drogas.

“A polícia estava em diligências normais quando avistou alguns elementos que, ao ver a guarnição, evadiram-se do local, um casebre, onde foi encontrado o material apreendido”, disse.

Ainda segundo a delegada, os suspeitos conseguiram fugir e não foram identificados. “A droga já foi para o IPC [Instituto de Polícia Científica], foi pesada, já tem um laudo e vai ser encaminhada para a Justiça. Vai ser instaurado um procedimento, um inquérito, mas é difícil porque os elementos não foram localizados e nem dá para identificá-los”, explicou.

Anúncio

Hemofílicos, gestantes e puérperas com comorbidades seram vacinados em joão pessoa

0

A primeira dose da vacina Astrazeneca/Fiocruz será ministrada, por agendamento, em 23 ginásios (8h às 12h) e em três postos do tipo drive thru (8h às 20h).

A Prefeitura de João Pessoa passa a imunizar, neste sábado (1º), dois novos públicos especiais dentro do esquema de vacinação contra a Covid-19. Começam a ser atendidos hemofílicos a partir dos 18 anos de idade e mulheres com comorbidades que estejam gestantes ou puérperas – conforme definição do Ministério da Saúde anunciada na segunda-feira (26).

Terá continuidade também o esquema de vacinação com a aplicação da primeira dose do imunizante Astrazeneca/Fiocruz em trabalhadores de saúde a partir dos 40 anos de idade e pessoas com comorbidades que tenham 50 anos ou mais e segunda dose para quem já completou os 90 dias da dose inicial. As comorbidades deste público incluem hipertensão, diabetes mellitus, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos imunossuprimidos e pessoas com obesidade grau 3 – IMC >40.

A primeira dose da vacina Astrazeneca/Fiocruz será ministrada, por agendamento, em 23 ginásios (8h às 12h) e em três postos do tipo drive thru (8h às 20h): Santuário Mãe Rainha, Centro Universitário de João Pessoa (Unipê) e Mangabeira Shopping.

A campanha de vacinação contra a Covid-19 em João Pessoa ainda continua imunizando com a dose de reforço da Butantan/Coronavac as pessoas que tomaram a primeira dose até o dia 4 de abril, independente da idade, em dois pontos do modelo drive thru (8h às 20h): Santuário Mãe Rainha e Mangabeira Shopping.

Agendamento – A Secretaria Municipal de Saúde alerta para a localização de cada público para não haver confusão na procura pelo imunizante. Para facilitar a identificação do local, insiste na priorização do agendamento através do aplicativo Vacina João Pessoa ou no site vacina.joaopessoa.pb.gov.br.

Com o agendamento, o cidadão garante que será vacinado no local indicado, com agilidade e segurança. Aquelas pessoas que tiverem dificuldades com a ferramenta eletrônica podem ir até os postos de vacinação para receber ajuda nessa operação, porém, terão de se submeter à fila específica sem a certeza de tomar a vacina, devido à limitação da oferta de imunizantes.

Documentação exigida – Quem for tomar a vacina é imprescindível levar documento oficial com foto, cartão do SUS, CPF e comprovante de residência. Os trabalhadores de saúde devem portar, ainda, uma declaração do local de trabalho ou contracheque e carteira do conselho correspondente para os profissionais de saúde.

É necessário que levem cópia da documentação que comprova a comorbidade do paciente, pois ela ficará retida para posterior apuração por Comissão da Secretaria Municipal de Saúde e demais órgãos de fiscalização, a exemplo do Ministério Público.

Quem for tomar a segunda dose deve levar o cartão de vacinação com a primeira dose indicando a data até 4 de abril (para Coronavac).

Transporte gratuito – As pessoas que precisarem se deslocar de um bairro a outro para tomar a vacina, podem utilizar os serviços gratuitos dos aplicativos 99 e Uber, em parceria com a Prefeitura de João Pessoa e Governo da Paraíba, respectivamente.

Para garantir o acesso ao serviço da 99, o cidadão que usar a plataforma para o deslocamento até o ponto de vacinação deverá acessar o aplicativo na categoria 99 Pop e inserir o código promocional ‘Promocodes’, que será destinado exclusivamente para o transporte até os pontos de vacinação em João Pessoa.

Solidariedade – Os postos de vacinação também estão abertos, nesses dias de luta contra a Covid-19, para receber as doações de alimentos não perecíveis. Após a arrecadação, eles serão distribuídos com instituições de caridade e famílias necessitadas, atingidas pelos efeitos dessa pandemia. A arrecadação e a distribuição integram uma iniciativa conjunta da Prefeitura de João Pessoa e do Governo do Estado.

Anúncio

Caso Patrícia: Ex-esposa de Jonathan acredita que crime tenha sido planejado

0

“Ele foi extremamente organizado”, afirmou a mulher

A ex-esposa de Jonathan Henrique G. dos Santos, principal suspeito de matar a jovem Patrícia Roberta, encontrada morta na última terça-feira (27) em João Pessoa, prestou depoimento à Polícia nesta sexta-feira (30). Após ser ouvida, ela disse ao programa O Povo na TV, da TV Tambaú, ‘ter certeza’ que Jonathan tem envolvimento na morte de Patrícia.

De acordo com ela, Jonathan poderia ter planejado a vinda de Patrícia para João Pessoa já com a intenção de, supostamente, praticar o crime. “Eles já tinham uma conversa antiga. Desde quando eu estava grávida da minha filha, eles já conversavam. Então, eu acho que ele não fez do nada. Ele foi extremamente organizado”, disse ela.

egundo ela, Jonathan teria a agredido no final do relacionamento. Ela teria, inclusive, uma medida protetiva contra o jovem.

A ex-esposa de Jonathan disse ainda que foi casada com ele por 5 anos e que os dois têm uma filha. Eles estão separados há mais de 4 anos. Segundo ela, a atual esposa do suspeito está grávida de cinco meses.

Anúncio

Cachorro chora no velório da tutora

0

No início do funeral, o animalzinho ‘Toy’ não deixava ninguém se aproximar do caixão.

Uma cena comovente foi registrada na cidade de Camaçari-BA, na última quarta-feira (28). É que um cachorro acompanhou o velório da tutora dele, que morreu após um infarto. 

‘Toy’  estava com Luzinete Lopes Diniz desde que era filhote e chamou.. Ele chorava bastante e não saía do local onde o corpo estava sendo velado.

No início do funeral, o animalzinho ‘Toy’ não deixava ninguém se aproximar do caixão.

“Ele ficava do lado, sempre chamando ela, arranhando o caixão. Queria entrar no caixão quando estávamos colocando o corpo dela “, contou Jailson Santos, dono da funerária Almeida Camaçari, que trabalhou no velório e é amigo da família de Luzinete Diniz.

Anúncio